True: Esse é o som da minha alma!




Quando eu silencio a minha mente e o meu corpo, sou capaz de ouvir os belos tons que são a música da minha alma e os emito para o mundo ao meu redor, de maneiras inimagináveis.

                                                                              (Sharon Taphorn)


Oi amigos, hoje é o último dia do mês de novembro e nada melhor do que refletir sobre as vibrações que a vida nos provoca... Por acaso vocês acham que alma tem som? Bem, cada um deve sentir de uma maneira peculiar... Posso dizer que a minha alma vibra e, a despeito de ser muito sutil,  eu posso ouví-la. 😊 Minha alma tem uma energia pulsante que traz confiança aos meus sentimentos e me coloca no caminho da sabedoria interna...Ela que me dá a serenidade necessária para seguir em frente... E você? Como descreveria o som da sua alma?


Posso sentir a perfeição do fluxo da vida em seu constante crescimento e expansão. Transforma meu olhar perante as mazelas do mundo, passo a compreender que são apenas pedaços de um amor ainda não compreendido.
Ouço em sintonia a face da criação, a centelha musical, impulsionando a mudança, na certeza de seguir o coração que pulsa a cada passo do caminho do meio que é mostrado.





Ouço, como o som da chave que abre os canais para realidades distintas, estas que mostram a necessidade de manter minha força interior e meu corpo nutridos.

Deixo que a música vibre, sinto o auxílio, direciona novos caminhos, transformando a vida ao meu redor, e não é um destino impossível. O som da música não está em um céu repleto de anjos que entoam cânticos inalcançáveis à minha realidade. Não preciso ir tão longe, este céu está no Ser, no Bem, em meu interior.

Posso transformar com notas alquímicas o som para essa realidade, aumentando as capacidades de manifestar minhas verdadeiras intenções no mundo. Posso dar vida a este céu interior, inspirá-lo a continuar vibrando em abundância e felicidade.

Enquanto ouço o som percebo que a realidade em que estou nunca irá cooperar com minha prosperidade, ela não foi concebida para esse fim. É apenas o reflexo de um consciente coletivo. Então crio a minha própria realidade, vibrando em alegria.

Posso ouvir os cantos proclamados pelo Bem, a voz Interior que vibra em pulsos vindos do coração. A vida se torna simples, pulsando em expansão e movimento, o impossível não existe.

Minha Alma não precisa cantar alto com uma força colossal, não precisa ir contra ao que meu coração diz. Não precisa tornar o som que ouço angustiante como a vida de muitos que sofrem sem perceber que a vida é prazerosa. Ela canta num dueto de Luz com o fluxo natural que pulsa do Cosmos. Esse é o som da minha alma!


Eis o som que agitou a minha alma: "True"  de  Spandau Ballet


"True" é uma música da banda inglesa da era new Romantic chamada Spandau Ballet, cujo single composto em 1983, foi e continua sendo um sucesso retumbante. Escrita pelo guitarrista Gary Kemp, True é uma das principais músicas do excelente álbum, "True" e que foi responsável por deixar a banda Spaudau Ballet na "crista da onda". A história conta que Gary estava procurando uma ideia para escrever uma balada, mas não queria uma melodia simples e vaga.

O que ele sonhava era fazer uma música como as deixadas por Marvin Gaye ou Al Green, o que , aliás é até mencionado em um trecho da letra de True, que eles ouviam Marvin. Um dia deitado em sua cama, assistindo TV e rasgando seu violão, alcançou a melodia que mais tarde daria vida musical a "True". Imediatamente telefonou para seu irmão Martin, baixista da banda e reunindo-se, criaram a letra da música inspirando-se no amor verdadeiro entre as pessoas , uma vez que o Gary sofria na ocasião por um amor não correspondido.

 O guitarrista também disse que foi influenciado pelo livro Lolita, que é um romance de 1955 escrito por Vladimir Nabokov (uma história polêmica, triste e melancólica). Mesmo diante das inspirações tristes, a canção é dotada de uma energia inigualável, inabalável e potencialmente bela! Essa edição é o som da minha alma, sem dúvida nenhuma!

Nesse silêncio  encontrei a Música da minha Alma e ela diz que tudo não dará certo, tudo já está certo. Tomara que apreciem! Lindo princípio de dezembro!




Inspiração: Playingwiththeuniverse.com - O globo.globo.com/cultura/musica/spandau-ballet -Detrasdelacancion.blogspot.com.br - Imagens do Tumblr e Vídeo do Meu Canal no You Tube


⏩ Aproveite e inscreva-se:

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada!

2 comentários:

  1. olá Adriana:
    que linda esta canção..
    que saudades, saudades e saudades...
    gosto de ver esta banda com as carinhas de 30 anos atrás...
    uma meninada cheiinha de vontade de viver a vida..
    assim eu também me sentia..
    lindo post, linda mensagem, seus clipes estão cada vez mais lindos !!
    amei este...
    grande abraço querida Adriana.
    :o)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KR. ELIANE, boa noite querida!!
      Adoro sua presença, sua participação enche meu coração de felicidade!!

      Ah, dá muita saudade dos anos 80 não é?
      Gente empolgada, motivada e buscando o espaço no mundo da música!
      Fico encantada em estudar o processo de criação de uma canção e juro para você querida, que se eu tivesse uma voz bonita, amaria ser cantora e compor canções que emocionam...rsrs
      Pena que minha voz é estilo taquara rachada...kkkkkk Então, nada feito né? rsrs
      É maravilhoso o processo de criação de uma melodia!!
      Querida, hoje fiz um novo e uma canção brasileira e ficou lindo!!
      Tomara que goste também!! É apaixonante!!
      Este é o link: https://youtu.be/-knvVUehegk
      Mas provavelmente farei um post aqui no blog sobre essa canção, mas ainda vai demorar ...

      Um beijo com muito carinho amiga!!
      Tenha um final de semana maravilhoso!!! :))))

      Excluir

Fique à vontade para expressar seus sentimentos e sugestões.
Você é sempre muito bem-vindo(a)! Obrigada e Abraços!

Tecnologia do Blogger.