Em busca da Endorfina!




Você já ouviu falar que exercício vicia? Algumas pessoas realmente são viciadas em atividade física. Esta dependência causada pelo exercício é atribuída às concentrações elevadas de endorfina produzidas por determinados exercícios. Mas você sabe o que é endorfina? É uma coisa espetacular e ao mesmo tempo, muito fofa...rsrs Inclusive vou mostrá-la em ação agora: 



1- A Endorfina em Ação: 





Você está assistindo uma proteína chamada Miosina puxando uma Endorfina ao longo de um filamento para a parte interna do córtex parietal do cérebro que gera a felicidade.Você está literalmente olhando para a felicidade!Precisamos manter nosso cérebro com a Miosina puxando a Endorfina, precisamos alimentá-las com fé e perseverança sempre querendo e Vivendo Bem Feliz!

Bem, agora você já sabe que a endorfina é o hormônio da felicidade. Falar isso da boca para fora é fácil, mas você precisa entender o porquê dela ser o hormônio da felicidade. Que tal descobrir um pouco mais sobre a endorfina e seus mistérios? Vou te contar tudinho! 

ENDORFINA é uma substância natural produzida pelo cérebro durante e depois de uma atividade física que regula a emoção e a percepção da dor, ajudando a relaxar e gerando bem estar e prazer. A endorfina é considerada um analgésico natural, reduzindo o estresse e a ansiedade, aliviando as tensões e sendo até recomendado no tratamento de depressões leves.


2 – Maneiras de liberar a Endorfina


Neurônios cerebrais recebendo a carga de endorfina


O mecanismo de liberação da endorfina através dessa glândula hipófise acontece principalmente, dito em relação a beta-endorfina, durante a realização da atividade física, intensa ou moderada.

Por esse motivo que muitas pessoas que não possuem como um hobbie ou estilo de vida, a prática de atividade física, usufrui sem reclamar desse meio, dado a sensação de plenitude após a sua prática. Esta liberação traz a sensação de bem estar, relaxamento muscular e em alguns casos até de prazer. Esportes radicais produzem além da endorfina, a dopamina e a adrenalina, que são responsáveis por uma mistura de sensações que causam mais dependência ainda.

A forma com que praticamos estes exercícios físicos também contribui para a quantidade de endorfina liberada, porém essa diferenciação é praticamente imperceptível. Em atividades de intensidade alta, seu aumento no sangue é em torno de 10 a 15% maior do que em atividades de baixa a média intensidade.





3– A sensação de Felicidade provocada pela liberação da endorfina: 

Muitas pessoas se sentem irritadas, ansiosas, depressivas e com péssimo humor quando deixam de fazer exercícios físicos.

Há pessoas que não gostam tanto do exercício, mas da sensação de bem estar de tê-los feito. Assim sendo, a liberação de endorfina que gera a sensação de bem estar, provoca esse estado de plenitude que experimenta o praticante regular de atividade física. Ahhh, como me sinto feliz e em paz depois de de uma corridinha na praia!! Não tem maior felicidade!


Mas esta liberação de endorfina depende das características da atividade física que estamos praticando. Entretanto, como se trata de um mecanismo provocado pela adaptação do corpo ao exercício, ela vai sendo liberada gradualmente desde o início da atividade.

Em determinado momento, porém, atinge um limiar de produção que a torna perceptível e surge a sensação de bem-estar que persiste mesmo depois de terminado o exercício.

Algumas pesquisas afirmam que os efeitos da endorfina são sentidos até uma ou duas horas após a sua liberação. Outros estudos observaram aumento das dosagens desse hormônio até 72 horas após o exercício.

A endorfina é produzida na hipófise e liberada para o sangue juntamente com outros hormônios como o GH (hormônio do crescimento) e o ACTH (hormônio adrenocorticotrófico) que estimula a produção de adrenalina e cortisol.

A intensidade e a duração do exercício parecem ser responsáveis pela concentração de endorfina no sangue.


3 – Mitos e verdades sobre a Endorfina




Existem mitos e verdades acerca dela, devemos observá-los com criticidade. Por que passamos o conceito da endorfina antes de abordarmos estes mitos e verdades? Para poder agora argumentar contigo os motivos de cada um ser mito ou realidade.

Verdade: Comer chocolate libera endorfina.

Na verdade não é o chocolate, é o cacau é o único fruto conhecido no mundo que possui uma substância chamada anandamida. Além disso, o cacau estimula a produção de enzimas responsáveis pela demora da eliminação dessa substância do organismo.😄

Mito: Endorfina artificial não existe. Existem sim e é bem conhecida, é a famosa morfina e tem sua fórmula molecular disposta assim: C17H19NO3.

Verdade: Pimenta libera endorfina. A pimenta ardida ao entrar em contato com as papilas gustativas e provocar o ardor, é enviado ao cérebro um sinal de perigo, alertando-o para liberar endorfina para aliviar a dor. Por isso que adorooo pimenta! 😊

Mito: Sadomasoquistas gostam de dor por que libera endorfina. Isso é um mito, pura e simplesmente pelo fato de todas as pessoas liberarem endorfina ao sentir dor e nem todas gostarem de dor.

Verdade: Atletas de alto desempenho tendem a ter depressão pela falta de endorfina. Principalmente quando encerram suas carreiras, pois estão acostumados a injeção de endorfina quase que diária e durante um longo tempo. Quando um atleta para de praticar a atividade física intensa, possui chance de 30% maior que os demais a desenvolver depressão.

Mito: O pensamento positivo também é arma poderosa para a liberação de endorfina. Outras substâncias pode até ser, mas a endorfina não, pois a endorfina vem mais como uma reação de ALERTA do corpo do que uma reação ao bem estar.

Verdade: A menstruação diminui a produção de endorfina. Logo antes de ficar menstruada, a mulher entra no estado da famosa Tensão Pré Menstrual, muito devido à diminuição na produção de endorfina. Por isso que podem me dar chocolate na  TPM, gente… E se possível , me dê um chocolate meio amargo, ele possui maior concentração de cacau.... rsrs😀


4 – Endorfina e suas restrições




Como a endorfina é um hormônio que provoca dependência, para praticantes de atividade física regular, com o tempo a necessidade de produção dessa substância aumenta drasticamente, o que pode levar a este atleta a ter longos períodos de mau humor quando esta atividade é suspensa.

Entenda que estes períodos de fácil irritabilidade ocorrem normalmente quando a ausência de exercícios ultrapassa, em média, duas semanas corridas. Em situações extremas, esta falta de endorfina pode causar reações de compulsivas, tendo como foco principal a busca por essa endorfina através da alimentação.

Como subterfúgio, pessoas ingerem alimentos gordurosos e chocolate indiscriminadamente, entrando em uma espiral que é totalmente prejudicial à saúde.

Conclusão


A endorfina é um poderoso aliado do ser humano para o auxílio nas mais diversas situações que nosso corpo sofre, desde enfermidades crônicas e até depressões profundas.

Claro que assim como a água, qualquer coisa em exagero tende a nos fazer mal. Manter uma rotina de atividades físicas, independente em qual intensidade seja de forma com que nosso corpo sinta os benefícios da endorfina sem depender dela para sobreviver é um mecanismo poderoso de garantia da longevidade.

Incluir a pimenta em sua alimentação é uma boa ideia, dado que além da endorfina que ela ajuda a liberar, a pimenta é termogênica e queima 10% a mais de calorias em comparação ao consumo deste alimento sem a pimenta. Desta maneira você, além de se sentir alegre através do hormônio da felicidade, também ficará satisfeito com sua aparência física.

Caso o chocolate seja seu ponto fraco, mude ao menos para um feito menos de leite e mais de cacau, a sensação de prazer virá em longo prazo, substituindo o imediatismo do sabor em si.




Por fim…


Gostou deste artigo? Conseguimos desvendar a endorfina e seus mistérios? Tem algo a acrescentar ou alguma opinião para fornecer? Comente abaixo, ficarei honrada em saber o que pensa sobre o assunto! E agora, que tal produzir um pouco de endorfina? ♬♪♫ A música mais animada que conheço e que nunca saiu da minha playlist de corrida! "Everbody," do Dj Bobo, tem um ritmo contagiante, enérgico e feliz. Quando você perceber, já estará ensaindo vários passinhos e dançando por aí e totalmente carregado de endorfina! VENHA COMIGO!


⏩Aproveite que estamos comemorando os 1.160 inscritos e também se inscreva no meu Canal no YouTube. Tem muita novidade por lá que você vai adorar! Inspiração: Endorfina e dicas

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada!

10 comentários:

  1. Oi, Adriana! Tudo bem? Nossa, você não imagina como estou carente de umas doses de endorfina no meu organismo! Mas a moleza é tanta que não me animo a fazer exercícios. Já fiz mais, no passado, atualmente estou parado... O que é um pecado, admito!

    Muito obrigado pelas informações e pelo trabalho de conscientização por uma vida mais ativa e saudável. Parabéns! Adorei os gifs!

    Beijo grande e tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sergio, boa noite amigo!!
      Tudo bem sim, obrigada!
      Vamos nos carregando de endorfina para poder aguentar o dia a dia não é mesmo? rsrs

      Ainda bem que você está ótimo mesmo sem praticar exercícios...
      Se fosse eu ficaria uma baleia assassina, pois se eu parar de praticar, provavelmente sairia rolando e não andando....kkkkkkkkkkkkk Ainda mais depois dos 45 amigo, aí fica mais complicado ainda!!

      Fiz para motivar a prática dos exercícios, coisa, aliás, que peço tanto aqui que fico até inconveniente né querido? Ainda bem que você me aguenta!! rsrs
      Beijos e uma semana maravilhosa!! :))))

      Excluir
  2. perfeito,amiga Adriana, praticar exercícios , além de melhorar a qualidade física, proporciona mesmo essa sensação de bem-estar,que no caso, como bem explicado aqui, trata-se da endorfina; não sabia que a pimenta,que também adoro, liberava endorfina para aliviar a dor; sim, eu também percebi isso , que como a endorfina provoca dependência, que quando e não podia fazer nenhuma atividade física ,ficava de mau humor ( mais ainda);sim, consegui conhecer e desvendar a endorfina e seus mistérios; agradeço pelo carinho,feliz semana,beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felis, muito obrigada querido amigo!!
      É muito bom ter a sua participação, enche meu coração de alegria!!
      Ah se não fosse os exercícios e, via de consequência a produção de endorfina amigo, acho que eu seria a pessoa mais mal humorada da galáxia...kkkkkkkkk

      Por isso que como muita pimenta, para garantir a alegria, em forma de molho e a própria pimentinha vermelha no prato! rsrs E carrego quilos e quilos de chocolate amargo para não ter recaídas amigo...rsrs

      Um beijo e uma semana maravilhosa tá?
      Saiba que é muito bom poder contar com os amigos!!!
      Fica bem e se cuida!! :))))

      Excluir
  3. oi Adriana:
    seu post é muito interessante !!
    que incrível esta imagem !!
    como é possível este universo perfeito fazendo esta máquina funcionar tão perfeitamente !!
    só mesmo o Autor da Vida para este milagre tão grande !!
    como disse São Miguel Arcanjo:
    Quem como DEUS? , ninguém como DEUS !!
    grande abraço.
    :o)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KR. Eliane, antes de tudo venho agradecer-lhe o rico material que me enviaste sobre os óleos da Amazônia!! Estou estupefata com a riqueza de informações e benefícios que tudo pode trazer para todos nós! É absolutamente estupendo!! E sem contar os sites especiais que eu não conhecia e nem fazia ideia de como compartilhavam já, há algum tempo, informações preciosíssimas...

      E maravilhosa é a sua generosidade, a sua disposição e desprendimento...
      Peco eu por ser tão sisuda e em determinados períodos adotando uma posição silente( principalmente às vésperas e durante o período do meu aniversário) em que me isolo e quase não frequente as redes sociais! Por isso o agradecimento vem com atraso querida! Me perdoa?

      E agora que tudo parece ter retornado ao normal em minha mente, vamos falar de como a endorfina é maravilhosa não é amiga? Aquela imagem da miosina puxando uma endorfina ao longo de um filamento é estupenda não é? Achei também o máximo!! Aquilo tudo lá vira a FELICIDADE!! :))) Sim, e só o Autor da Vida para este milagre tão grande!!

      Amei sua presença querida, muito, muito obrigada e desculpe por qualquer coisa tá?
      Um super beijo e uma semana muiiito linda! :))))

      Excluir
  4. Oi, Adriana. Adorei o tema do post e o seu estímulo às práticas físicas. Realmente cuidar do corpo, do nosso bem-estar e da nossa mente são importantíssimos para uma vida feliz. Gostei muito de saber mais detalhes, viu! ;)

    beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, sempre tão linda você e com palavras sempre gentis, muito obrigada!!:)))
      Você viu os detalhes incríveis da miosina puxando uma endorfina ao longo de um filamento para a parte interna do córtex parietal do cérebro? Essa foi a melhor informação que compartilhei nos últimos tempos amiga...rsrs Ali está a nossa querida FELICIDADE!!!

      Agradeço o carinho da presença e deixo um beijo e desejos de uma semana incrível!!
      Beijos!! :)))

      Excluir
  5. Sempre com informações relevantes e dicas ótimas, Adriana. Mas confesso que não me vicia, não. kkkkkkkkk Beijão e ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk Sérgio, só você mesmo amigo! kkkkkk
      Mas aposto que você adorou ver o nascimento da felicidade amigo!
      Afinal, quem não se emociona ao ver o quanto a miosina se esforça puxando uma endorfina bolota ao longo de um filamento né? E o mais legal é que a miosina tem perninhas bem magrinhas..rsrs

      Beijos e uma semana linda amigão!! :)))

      Excluir

Fique à vontade para expressar seus sentimentos e sugestões.
Você é sempre muito bem-vindo(a)! Obrigada e Abraços!

Tecnologia do Blogger.