Oscar 2018: Fique de Olho nos indicados!





Oi gente querida, tudo bem? É impossível alguém não gostar de cinema diante dos filmes consagrados que retratam histórias de vida e também emocionam... Perante isso, venho extraordinariamente no Vivendo Bem Feliz comentar a lista dos indicados ao Oscar de 2018.  A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos EUA revelou que a entrega dos prêmios mais importantes da sétima arte mundial acontecerá em 4 de março no Teatro Dolby, em Los Angeles (Califórnia). Esta é a 90ª edição dos prêmios Oscar e a festa será comandada pelo comediante norte-americano Jimmy Kimmel, anfitrião do evento pelo segundo ano consecutivo. Neste instante falarei de todos os filmes indicados para você e, ao final, apostarei no meu preferido ao Oscar. Qual é o seu favorito?

Confira a lista de indicados, a resenha de cada um e algumas particularidades:

Melhor Filme

Me Chame pelo Seu Nome


O sensível e único filho da família americana com ascendência italiana e francesa Perlman, Elio (Timothée Chalamet), está enfrentando outro verão preguiçoso na casa de seus pais na bela e lânguida paisagem italiana. Mas tudo muda quando Oliver (Armie Hammer), um acadêmico que veio ajudar a pesquisa de seu pai, chega.Sendo amplamente aclamado por críticos podemos entender o porquê da consagração desse filme, uma vez que, não só se apresenta como uma vitória para a comunidade LGBT+, por razões óbvias de representatividade, mas também faz um uso de câmera, cores e paralelos simples, claros e admiráveis.


O Destino de uma Nação

Winston Churchill (Gary Oldman) está prestes a encarar um de seus maiores desafios: tomar posse do cargo de Primeiro Mnistro da Grã-Bretanha. Paralelamente, ele começa a costurar um tratado de paz com a Alemanha nazista que pode significar o fim de anos de conflito.Pelo menos metade do impacto de O Destino de uma Nação vem da vigorosa encenação de Gary Oldman como Winston Churchill. Sim, por mais que seja difícil reconhecê-lo por baixo de tanta maquiagem e próteses, é o intérprete do comissário Gordon da trilogia "O Cavaleiro das Trevas" quem está por trás (ou por baixo) da essência do filme. (Aliás, um competente trabalho técnico da equipe de caracterização que de fato conseguiu um resultado convincente, sem distrair a atenção do espectador).

Dunkirk



Na Operação Dínamo, mais conhecida como a Evacuação de Dunquerque, soldados aliados da Bélgica, do Império Britânico e da França são rodeados pelo exército alemão e devem ser resgatados durante uma feroz batalha no início da Segunda Guerra Mundial. A história acompanha três momentos distintos: uma hora de confronto no céu, onde o piloto Farrier (Tom Hardy) precisa destruir um avião inimigo, um dia inteiro em alto mar, onde o civil britânico Dawson (Mark Rylance) leva seu barco de passeio para ajudar a resgatar o exército de seu país, e uma semana na praia, onde o jovem soldado Tommy (Fionn Whitehead) busca escapar a qualquer preço.


Corra! (Get Out)



Chris (Daniel Kaluuya) é jovem negro que está prestes a conhecer a família de sua namorada caucasiana Rose (Allison Williams). A princípio, ele acredita que o comportamento excessivamente amoroso por parte da família dela é uma tentativa de lidar com o relacionamento de Rose com um rapaz negro, mas, com o tempo, Chris percebe que a família esconde algo muito mais perturbador.Uma das maiores surpresas da temporada nos Estados Unidos, Get Out é uma adaptação para os cinemas da frase: "eu não sou racista, eu até tenho amigos negros". Todo mundo já testemunhou, seja pessoalmente ou em discussões nas redes sociais, a pessoas justificando comentários ou comportamentos racistas com esta frase. E o filme é sobre isso. Mas não só.Obviamente, não é uma adaptação oficial, mas busca sim transmitir o espírito de tal sentença


Lady Bird – É Hora de Voar



Christine McPherson (Saoirse Ronan) está no último ano do ensino médio e o que mais deseja é ir fazer faculdade longe de Sacramento, Califórnia, ideia firmemente rejeitada por sua mãe (Laurie Metcalf). Lady Bird, como a garota de forte personalidade exige ser chamada, não se dá por vencida e leva o plano de ir embora adiante mesmo assim. Enquanto sua hora não chega, no entanto, ela se divide entre as obrigações estudantis no colégio católico, o primeiro namoro, típicos rituais de passagem para a vida adulta e inúmeros desentendimentos com a progenitora. Lady Bird é daquele tipo de filme que você assiste com um sorriso no rosto do início ao fim. Despretensioso, o longa de estreia na direção solo da atriz Greta Gerwig é um delicioso conto de chegada à maturidade (o famoso "coming of age"), centrado na figura de uma protagonista concebida com uma rara espontaneidade e, como consequência, involuntariamente carismática, perfil captado com precisão por Saoirse Ronan.


Trama Fantasma



Década de 1950. Reynolds Woodcock (Daniel Day-Lewis) é um renomado e confiante estilista que trabalha ao lado da irmã, Cyril (Lesley Manville), para vestir grandes nomes da realeza e da elite britânica. Sua inspiração surge através das mulheres que constantemente entram e saem de sua vida. Mas tudo muda quando ele conhece a forte e inteligente Alma (Vicky Krieps), que vira sua musa e amante.Trama Fantasma é um raro filme sobre o potencial destrutivo dos relacionamentos amorosos. Alma não é a primeira musa inspiradora de Reynolds, e nem seria a última. O homem poderoso, acostumado a ter dezenas de funcionários, familiares e mulheres bajulando-o diariamente, escolhe Alma como quem compra um novo vaso para a sala de estar.


The Post – A Guerra Secreta



Kat Graham (Meryl Streep) é a dona do The Washington Post, um jornal local que está prestes a lançar suas ações na Bolsa de Valores de forma a se capitalizar e, consequentemente, ganhar fôlego financeiro. Ben Bradlee (Tom Hanks) é o editor-chefe do jornal, ávido por alguma grande notícia que possa fazer com que o jornal suba de patamar no sempre acirrado mercado jornalístico. Quando o New York Times inicia uma série de matérias denunciando que vários governos norte-americanos mentiram acerca da atuação do país na Guerra do Vietnã, com base em documentos sigilosos do Pentágono, o presidente Richard Nixon decide processar o jornal com base na Lei de Espionagem, de forma que nada mais seja divulgado. A proibição é concedida por um juiz, o que faz com que os documentos cheguem às mãos de Bradlee e sua equipe, que precisa agora convencer Kat e os demais responsáveis pelo The Post sobre a importância da publicação de forma a defender a liberdade de imprensa.Talvez The Post - A Guerra Secreta jamais existisse se Donald Trump não fosse eleito. Afinal de contas, foi a ojeriza do atual presidente dos Estados Unidos à imprensa que fez com que Steven Spielberg encampasse este projeto, ao ponto de realizá-lo a toque de caixa para que fosse lançado ainda em 2017 - e, naturalmente, concorresse às premiações.


A Forma da Água


Amigos, na minha sincera opinião, creio que este é o filme que mereça ganhar a estatueta! 😁

O filme do cineasta mexicano mexicano Guillermo del Toro, é um dos favoritos a levar a estatueta de melhor filme, com 13 indicações no total, incluindo melhor filme, melhor diretor e melhor roteiro original. Do mestre contador de histórias Guillermo del Toro, chega um conto de fadas dos mais imaginativos ambientado no cenário dos Estados Unidos na época da Guerra Fria, por volta de 1962. No laboratório secreto e de alta segurança do governo onde trabalha, a solitária Elisa (interpretada por Sally Hawkins) vive presa em uma vida de isolamento. Sua vida muda para sempre quando ela e a colega Zelda (interpretada por Octavia Spencer) descobrem uma experiência secreta e se afeiçoa a uma criatura fantástica mantida presa e maltratada no local.Também estão no elenco Michael Shannon, Richard Jenkins, Doug Jones e Michael Stuhlbarg. A forma da água é uma produção de cativante beleza, interpretada por um elenco afiadíssimo e na minha opinião JÁ GANHOU!!!! rsrs Farei um post especial sobre ele, caso seja o grande vencedor na noite de 04 de março! 😁


Três Anúncios para um Crime



Inconformada com a ineficácia da polícia em encontrar o culpado pelo brutal assassinato de sua filha, Mildred Hayes (Frances McDormand) decide chamar atenção para o caso não solucionado alugando três outdoors em uma estrada raramente usada. A inesperada atitude repercute em toda a cidade e suas consequências afetam várias pessoas, especialmente a própria Mildred e o Delegado Willoughby (Woody Harrelson), responsável pela investigação. Os três outdoors que beiram a estrada por onde quase ninguém passa na cidade de Ebbing, no Missouri, Estados Unidos, foram alugados por Mildred.Eles estampam mensagens que questionam a preguiçosa polícia local (em especial o xerife Bill Willoughby, vivido por Woody Harrelson) a respeito das investigações da morte da filha dela, estuprada enquanto era assassinada. Ocorrido há sete meses, na linha cronológica do filme, o caso continuava sem "novidades". Também pode ser um grande vencedor!

E o Brasil gente? Ficou fora de qualquer indicação?

O longa chileno Uma Mulher Fantástica foi indicado ao Oscar de melhor filme em língua estrangeira. Já o Brasil, que ficou mais uma vez fora da disputa, será representado com dois indicados brasileiros: Carlos Saldanha, diretor da animação O Touro Ferdinando, indicado na categoria melhor animação, Rodrigo Teixeira, produtor de Me chame pelo seu nome, indicado a quatro Oscars, entre eles o de melhor filme. Mas o filme do Touro Ferdinando é uma fofura, vale a pena assistir! Afinal, "Ser esquisito é ser normal agora". Essa é a mensagem central de O Touro Ferdinando, animação da Fox comandada pelo brasileiro Carlos Saldanha (A Era do Gelo), que resulta em uma ode à tolerância. Em se tratando de uma produção voltada, em princípio, para o público infantil, não é apenas louvável, como muito bem-vindo o lema - sobretudo em tempos de difícil aceitação do outro no universo dos adultos. Corre lá para ver!!

Demais indicações:
Melhor Direção
Melhor Atriz
Melhor Ator
Melhor Ator Coadjuvante
Melhor Atriz Coadjuvante
Melhor Roteiro Original
Melhor Roteiro Adaptado
Melhor Animação
Melhor Documentário em Curta-Metragem
Melhor Documentário em Longa-Metragem
Melhor Filme Estrangeiro
Melhor Curta-Metragem
Melhor Curta em Animação
Melhor Canção Original
Melhor Fotografia
Melhor Figurino
Melhor Maquiagem e Cabelo
Melhor Mixagem de Som
Melhor Edição de Som
Melhores Efeitos Visuais
Melhor Design de Produção
Melhor Montagem
Melhor Trilha Sonora Original

E então, qual o seu favorito? Eu já dei a minha opinião e estou doida para saber a sua. Arrisque aí nos comentários que eu vou adorar saber! Enquanto deixa o seu palpite,  ouça a canção "How Can You Mend a Broken Heart" de Al Green em parceria com Joss Stone que foi trilha sonora de dois filmes: O Livro de Eli, e também no filme Um Lugar Chamado Notting Hill. E a versão com a Joss Stone está espetacular!! Caprichei imensamente nesta edição de uma música de verdade para ser ouvida amigos!! Até a próxima!! ♥


Aproveite que estamos falando de arte e música e se inscreva no meu Canal no YouTube. Tem novidade por lá! 800 amigos já se inscreveram! Participe você também!!Beijos!

Fontes: Sites Adoro Cinema - Omelete e Imagens do Google imagens

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada!

6 comentários:

  1. Oi, Adriana, que capricho! Um show de informações, adorei as sinopses dos filmes e os seus comentários e palpites! Confesso que estava meio por fora este ano, seu post veio em boa hora! Aguardarei ansioso por um possível post sobre A forma da água! Belíssimo artigo, parabéns!

    Beijo grande e tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sergio, obrigada querido amigo!! Fico tão feliz ao ler essas palavras vindo de você que é tão zeloso e cuidadoso!!

      Ah, eu adoro cinema, música e todas as formas de arte!!
      Ah sim, claro que farei um post mais completo sobre o filme a Forma da Água amigo!
      Entretanto, pelos novos murmúrios que ouço por aí, parece que Três Anúncios para um Crime também está muito forte na disputa pelo Oscar de melhor Filme. Agora me resta esperar a noite da grande premiação para tirar essa dúvida né? rsrs

      Agradeço muito o carinho da presença!!
      Desejo um final de semana maravilhoso!!
      Beijos!! :))))

      Excluir
  2. nossa, estou mais para a Gloria Pires: 'não sou capaz de opinar ; não sou bom/a em previsão e mas tem um monte de filmes legais', inclusive,parece- me que neste ano, temos vários filmes com chances , sem que haja um franco favorito. Eu me 'subverti' para os doramas asiáticos e nenhum dos filmes indicados assisti, mas, 'pretendo' assistir o 'A Forma da Água' pelo alarde midiático; por gostar de 'personagem real' pretendo ver o Gary Oldman como Winston Churchill em 'O destino de uma nação' e , sinceramente, pela Meryl o 'The post'; MAS , acho que quem vai levar é 'Três anúncios para um crime', pode anotar aí,hehehe, obrigado pelo carinho, belo finde, beijos, Adriana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha Felis, realmente a participação da Glória Pires comentando o Oscar foi antológica naquele dia! kkkkkkkkk

      Amigo, assista a Forma da Água sim, é muito legal!! Você vai gostar! Só não falo mais nada dele aqui agora porque tenho que reservar para o meu artigo especial sobre ele, se ele for o grande vencedor na noite do Oscar, é claro..... rsrs Eu apostei nele!!!
      Ah, quanto ao Gary Oldman, ele está demais! Incrível, espetacular!! Quem diria que o vampirão que ele foi no filme Drácula de Bram Stoker se tornaria no futuro, o Winston Churchill. Esses atores são como salamandras e se transformam a cada papel!! É incrível mesmo!!!

      Amigo, já estou sentindo que você tem grandes chances de ganhar pois Três anúncios para um Crime está muito cotado!! Segunda-feira voltarei aqui para comentar o ocorrido...kkkkkkkkk

      Agradeço o carinho e desejo um final de semana maravilhoso!!
      Beijos e vamos que vamos! Veremos quem leva o Oscar!! Ihullllllllll

      Excluir
  3. Nossa, Adriana! Só vi hoje! Puxa! Que pena! Queria ter visto isso antes! Arrasou, viu!!

    Ótima semana!

    beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu, tudo bem?

      Ahh imagina, eu também preparei o post de forma extraordinária, pois adoraria falar um pouquinho das minhas preferências ao Oscar!!
      Eu me apaixonei pelo filme A Forma da Água, para mim ele é como um poema...
      A fotografia, os personagens, tudo muito mágico...

      Um beijo querida e em breve estarei em seu cantinho apreciando suas canções!!

      Excluir

Fique à vontade para expressar seus sentimentos e sugestões.
Você é sempre muito bem-vindo(a)! Obrigada e Abraços!

Tecnologia do Blogger.